Mulheres já são donas de metade das novas micro e pequenas empresas

4869678.jpg

O Brasil tem hoje quase 8 milhões de mulheres empreendedoras, o
que representa 32% do total de donos de micro e pequenas empresas.

 Daiana Garbin São Paulo, SP

Em geral, as mulheres recebem salários menores do que os homens para o mesmo trabalho, mas estão em pé de igualdade quando se trata de empreendedorismo. As mulheres já são donas de metade das novas micro e pequenas empresas.

A microempresa da dona Teruko é em duas rodas. A bicicleta está pesada, sim, mas no sol ou na chuva da Avenida Paulista, você nunca vai ouvir a Teruko reclamar.

“Eu me separei e eu tinha que trabalhar para poder manter a casa e as minhas filhas. Eu sempre fiz muitas coisas manuais, só que eu não conseguia vender. E eu pensei: por que não vender em uma bike?”, contaa empreendedora Teruko Kato. E ela fez tudo sozinha. “Comprei madeira, madei adesivar a estampa da Paulista para homenagear o lugar onde eu ia trabalhar e ganhar minha vida”, diz.

Chega a vender 80 pares de sapatinhos de crochê por mês. “Aí eles esgotam, eu paro e fico fazendo. Quando eu acumulo alguns sapatinhos, eu venho para a rua de novo”, conta.

O empreendimento da Ana Paula também é artesanal. “Bolo construído na mão, batido na mão”, ela conta. E as receitas diferentes e fofinhas renderam. Em menos de dois anos, ela já abriu três lojas e é tudo rosa.

“Eu contrato só mulheres e nessa faixa dos 30 a 40 anos. Elas já são mães e elas são responsáveis pela sua casa e às vezes por manter a sua casa. Então elas vestem a camisa”, diz Ana Paula Goeldner, sócia da Doçuras Bolos Caseiros.

“Quando tem que levar a sério, a gente leva a sério. Quando tem que brincar a gente brinca e passa o dia que a gente nem percebe”, conta Laura Barros, montadora de bolo.

Tem só um probleminha. “Quando está todo mundo de TPM, já sabe né?”, diz Ana Lúcia de Oliveira, auxiliar de cozinha.

Mulheres se entendem mesmo com TPM, filhos, casa para cuidar, marido, ou sem marido, se viram. O Brasil tem hoje quase 8 milhões de mulheres empreendedoras, o que corresponde a 32% do total de donos de micro e pequenas empresas. E se a gente olhar só para empreendedores iniciais, aqueles com até três anos e meio no mercado, 50% são mulheres.

A mulher que empreende não ganha menos que os homens, como acontece nas empresas. Nesse mercado, o que vale é a competência.

“O mercado trata o empreendedor da mesma forma. O que vai nos diferenciar é como a gente olha para esse mercado e a gente liga com essas oportunidades”, explica Ana Carolina Oliveira, gerente do Sebrae Santo Amaro.

“Se você esforçar e acreditar no seu potencial e na sua capacidade, não tem nada impossível. Dá para fazer qualquer coisa e a liberdade que eu tenho de criar o meu trabalho, de ter o meu horário e eu tenho tempo de almoçar, jantar com as minhas filhas. Então isso é maravilhoso”, garante a dona Teruko, empreendedora de mão cheia.

Reportágem completa aqui no Jornal da Globo

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s